segunda-feira, 27 de junho de 2011

Queridos, haverá uma "roda de conversa" sobre os espaços lúdicos em instituições públicas escolares e não escolares, no dia 30 de junho (uma quinta-feira), entre 14h e 30min e 17h e 30min, no Instituto de Educação Física da UFF (fica no campus do gragoatá, bem próximo às barcas ).

Como coordenadora do Laboratório Lúdico do ISERJ, a Rosa Malena gostaria que estivessemos lá, relatando a idéia do laboratório e como ele se desenvolve.

Também convidou professor vinculado à brinquedoteca do IHA e a coordenadora do "Clube dos Descobridores" da Casa da Ciência da UFRJ. A idéia é que cada um apresente o que realiza em torno de 20 minutos e, em seguida, dialogue com os presentes (professores e alunos do instituto de educação física interessados no assunto). Conto principalmente com os monitores para que ajudem na reflexão. Abraços, Sonia

quarta-feira, 22 de junho de 2011

Clip com as atividades do LLI


Video Clipe feito a partir de de fotos e vídeos de celulares no decorrer de 4 anos do funcionamento do LLI (2007-2010) demonstrando as atividades do Laboratório Lúdico Interdisciplinar.
Música de Carlos Ortiz, com letra de Sônia Ortiz e Carlos Ortiz. Montagem Jorge Nunes.

segunda-feira, 6 de junho de 2011

Páscoa no Lúdico

Reserva cota para negros e índios em concursos


Todas as notícias de BRASIL
06/06/2011 às 13:22

RJ reserva cota para negros e índios em concursos

Agência Estado
O governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, assinou hoje o decreto que reserva 20% das vagas para negros e índios nos concursos públicos para órgãos do Poder Executivo e entidades de administração do Estado. O documento foi assinado durante cerimônia no Palácio Guanabara, sede do governo. O decreto entra em vigor 30 dias após sua publicação.

Para conseguirem concorrer às vagas, os candidatos devem se declarar negros ou índios no momento da inscrição no concurso. Caso o candidato opte por não entrar no sistema de cotas, ele fica submetido às regras gerais do concurso. Para serem aprovados, todos os candidatos precisam obter a nota mínima exigida.

As vagas de reserva voltam para a contagem geral e poderão ser preenchidas pelos demais candidatos, na ordem de classificação, em caso de não aprovação de negros ou índios. A nomeação dos aprovados também obedece à classificação geral do concurso, mas a cada cinco candidatos aprovados, a quinta vaga fica destinada a um negro ou índio.

sábado, 4 de junho de 2011

Essa equipe brincou muito...

Brincando com fantasias

Integração dos segmentos

Integração dos segmentos

Brincando com plantinhas

Brincando de descobrir diferenças nos bichos da África

Jogando no computador

Um conto de páscoa

Brincando com bonecos de sucata

Um conto de páscoa

Brincando de contar história para os colegas

O passa-anel

Os marionetes em contação de histórias

Luciana e Ticiane

Um bruxinho

O projeto inter:UFF e ISERJ recebendo as crianças do E. Fundamental

Criando com cores

Meninas nas cartas e meninos na casinha

Criando um joguinho

meio ambiente e realidade no bairro

Descobrindo a leitura



O projeto inter:UFF e ISERJ recebendo as crianças do E. Fundamental

quarta-feira, 1 de junho de 2011

Sábado interdiscipliar -continuação

video
video

Dia das crianças e aniversário da Sonia Ortiz





Pesquisadoras do projeto: Drª Rosa Malena de Carvalho, Ms Sonia Ortiz e Esp. Regina Mynssen

Momentos fundantes do projeto LLI



Projeto "Primavera" em novembro de 2010







Projeto "Sitio do picapau amarelo e mitos" em outubro de 2007









O projeto Laboratório Lúdico Interdisciplinar (LLI) caracteriza-se como extensão e pesquisa concomitantemente. Como extensão oferece um espaço de atividades lúdicas que atende às crianças na faixa etária de 4 (quatro) a 12 (doze) anos, filhos de alunos e funcionários, e propicia aos alunos do Curso Superior do ISERJ um ambiente de práxis e fronesis. Dentro de uma abordagem qualitativa, o projeto desenvolveu uma pesquisa-ação sobre o Cotidiano Escolar sob a coordenação de duas profas com o objetivo de ampliar a reflexão sobre ludicidade e interdisciplinaridade. Como metodologia, seminários de discussão com alunos e professores da instituição subsidiaram o trabalho dos partícipes do projeto. Em espaço interacionista interpenetraram-se: um espaço cognitivo, um avaliativo e outro cooperativo, de supervisão e monitoria, nos quais experimentamos mediações pedagógicas com linguagens diversas, em movimento construcionista de conhecimento, sob o fio condutor de jogos e brincadeiras imersos na cultura brasileira e na cibercultura, constituindo processos registrados em histórias de aprendizagem. A análise das diferentes leituras dos monitores sobre as mediações com estagiários e crianças, consolidou o LLI como espaço de pesquisa que vincula a ludicidade razemfica alLi o ISERJrianças, com a produção cultural, científica e educacional da sociedade.

Palavras-chave: Lúdico, interdisciplinaridade, prática, aprendizagem, processo.